Demissão de 5 mil bancários do BB revela ação criminosa do governo, diz Paulão

Fonte: É assim.net

Data: 11/01/2021

A anunciada demissão de 5 mil bancários do Banco do Brasil e o fechamento de  361 agências no País, segundo o deputado federal Paulão (PT-AL), é mais um golpe do governo Bolsonaro contra os servidores .

Em pronunciamento na Câmara, o deputado destacou que a demissão em massa dos bancários do Banco do Brasil e da própria Caixa Econômica sempre foi o sonho do ministro Paulo Guedes, que prefere o País sem banco estatal, para atender especificamente “os interesses dos parceiros dele do mercado financeiro”.

Essa, disse Paulão, é uma atitude criminosa que vai ampliar o desemprego e jogar na rua da amargura pais e mães de família, agora da classe média. “Gente que inclusive fez campanha e votou confiando e Jair Bolsonaro. É o presente de grego que recebem agora”, destacou o deputado.

Disse ainda o parlamentar que a linha administrativa da gestão do banco, adoada pelo governo,  abandona qualquer perspectiva de papel social.  Para ele, Paulo Guedes resolveu destruir o setor público, para entregar o País aos especuladores do mercado financeiro.

Para o deputado, essa investida desastrosa de Paulo Guedes e Jair Bolsonaro contra o Banco do Brasil e Caixa evidencia o desmonte do setor público no País e deixa explicita a incompetência do governo de gerir o próprio patrimônio público da Nação.

-É preciso que o Congresso Nacional se posicione em defesa desses 5 mil trabalhadores que serão demitidos irresponsavelmente por esse desgoverno caótico  de tanta incompetência. – Disse o deputado manifestando solidariedade aos bancários ameaçados em seus empregos.