Notícias

PRAÇA DA JUVENTUDE: Deputado diz que Maceió está prestes a perder investimento de R$ 1,8 milhão

UST1118

Considerado um dos bairros de Maceió de maior vulnerabilidade social, o Benedito Bentes está prestes a perder um importante equipamento de inclusão social, em função da falta de atenção do poder público municipal. Trata-se da Praça da Juventude que foi conquistada para a parte alta da cidade pelo deputado federal Paulão (PT).

A praça é uma das ferramentas que o governo federal tem implantado nas capitais brasileiras e que atua na valorização da cidadania com crianças, adolescentes e idosos. O parlamentar conseguiu em 2013 junto ao governo federal R$ 1,8 milhão para a construção da praça. Os recursos chegaram a Maceió e ficaram à disposição da Prefeitura, cuja contrapartida era a liberação do terreno para a construção.

No entanto, segundo o deputado, o Benedito Bentes está prestes a perder a praça por que a Prefeitura não se movimentou para a construção. Por decisão do governo federal, o município só tem até junho deste ano para resgatar os recursos. Se não o fizer perderá a oportunidade de construir a praça da Juventude e o dinheiro será automaticamente devolvido aos cofres da União.

Paulão lamentou que a situação tenha chegado a esse nível. Observou que mais do que um espaço físico, a praça representa na prática uma ferramenta de inserção social por meio dos esportes e de atividades lúdicas, a partir da convivência comunitária. Nesse espaço deverão ser  realizadas também atividades culturais, de inclusão digital e de lazer para a população, sem restrição de  faixas etárias. As atividades devem reunir das crianças aos idosos.

Segundo Paulão, o projeto é fundamental para os moradores do Benedito Bentes por ser um dos maiores e mais populosos bairros da capital alagoana, com mais de 220 mil habitantes, em sua maioria crianças e jovens. “A praça democratizará o acesso a equipamentos públicos de esporte e lazer, ampliando as oportunidades de práticas esportivas e atividades recreativas, educativas e culturais como instrumento de inclusão social e de promoção da saúde, portanto, a Prefeitura de Maceió jamais poderia desconsiderar um projeto desses”, concluiu o deputado.

Deixe o seu comentário


Paulão do PT | Site Oficial. © 2013. Todos os direitos reservados.