Notícias

Paulão fala de avanços do país e diz que, apesar da crise, Nordeste cresceu

hoje.tribu

O deputado Paulão (PT/AL) avaliou, em pronunciamento na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (1º), que apesar da crise mundial o país continuará avançando. Citando projeções do Banco Central, disse o Brasil encerrará 2015 com cerca de 65 bilhões de dólares provenientes do mercado estrangeiro na economia. “Mesmo com a torcida contrária do grupo do ‘quanto pior, melhor’, isso significa que o Brasil vai se manter no grupo dos 10 países que mais recebem investimentos produtivos”, afirmou.

Paulão fez um balanço dos últimos anos, durante os governos do PT, desde 2003, ao tempo que registrou uma série de transformações sociais, econômicas e culturais ocorridas no Brasil. Uma das conquistas, segundo ele, foi o fortalecimento das instituições, dos mecanismos de controle e de fiscalização, ao lado de investimentos em saúde, agricultura familiar, programas sociais, cultura e educação.

O parlamentar ressaltou que nos últimos 12 anos a educação no Brasil deu um salto de qualidade. “O orçamento passou de R$18 bilhões em 2002 para R$ 115,7 bilhões em 2014. O aumento real foi de 218%. Além desse montante, novos recursos estão vindo para o setor, com os royalties do pré-sal”, comemorou.

Um dos destaques no discurso do petista foi o Nordeste, região que vem crescendo acima da média nacional. Somente nos primeiros cinco meses de 2014, o crescimento da atividade econômica nordestina foi superior a 4%, resultado acima da média nacional (0,6%), conforme o Banco Central. No segundo trimestre desse ano, o Nordeste foi responsável pela geração de 2/3 de todos os empregos criados no Brasil.

Paulão lembrou, ainda, que o governo federal vem investindo em obras de infraestrutura através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e em obras de combate à seca, como o Canal do Sertão, que teve o terceiro trecho inaugurado em Alagoas mês passado, pela presidenta Dilma Rousseff. Também pontuou que estão em execução barragens que armazenarão 2,4 bilhões de m³ de água e cerca de 3.600 km de canais e adutoras, dos quais 1.400 km são obras que ampliarão a oferta de água em 2015 e início de 2016 em municípios de Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

“Agradeço a atenção que os dois últimos governos deram à região Nordeste e a Alagoas. Eles tiveram sensibilidade para enxergar as disparidades regionais e as injustiças históricas praticadas contra nosso povo”, concluiu.

Deixe o seu comentário


Paulão do PT | Site Oficial. © 2013. Todos os direitos reservados.