Destaque

Paulão apoia ações para reverter crise da Bacia Leiteira de AL

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O deputado Paulão reuniu-se na noite desta terça-feira (24), em Brasília, com o secretário de Agricultura de Alagoas, Álvaro Vasconcelos, a fim de discutir estratégias capazes de reverter a crise da Bacia Leiteira e, ao mesmo tempo, fortalecer a agricultura familiar no Estado.
Segundo Paulão, a ideia é buscar recursos federais e projetos para socorrer os pequenos produtores que hoje não conseguem vender o leite, sobretudo após a repentina suspensão de fornecimento de mais de 70 mil litros por dia para uma indústria de laticínio de Sergipe.
“Os produtores alagoanos não conseguem escoar a produção e muitas vezes o leite acaba indo para o lixo. Para piorar a situação, a indústria sergipana baixou o preço que paga aos fornecedores e as demais indústrias  acompanharam. Agora, o leite é oferecido aos pequenos laticínios por apenas R$ 0,70”, observou Paulão.
Também presente a reunião, o presidente da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas Ltda (CPLA), Aldemar Monteiro, disse que outra alternativa seria ampliar a distribuição de leite a famílias carentes.  Atualmente, o governo do Estado, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social, adquire 80 mil litros de leite por mês, por intermédio do Programa Social do Leite.  Na oportunidade, Monteiro apresentou pleito de ampliação para 120 mil litros de leite por dia. “Isso vai significar geração de emprego e renda na região da Bacia Leiteira de Alagoas”, ressaltou o presidente da CPLA.
O secretário Álvaro Vasconcelos considerou que o apoio de Paulão será importante para buscar soluções para a crise do leite e também para alavancar a agricultura familiar. Ele disse que uma medida urgente visando normalizar a produção leiteira será a reabertura da fábrica da Camila, no município de Batalha, e informou que outra ação da Secretaria de Agricultura é o fomento à produção de milho e outros grãos.

Deixe o seu comentário


Paulão do PT | Site Oficial. © 2013. Todos os direitos reservados.