Notícias

Deputado tenta agilizar subvenção para plantadores de cana nordestinos

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFoto: Reunião no Ministério Público

O deputado federal Paulão (PT/AL) reuniu-se nesta terça-feira (31) em Brasília com o secretário-adjunto da área de política econômica do Ministério da Fazenda, João Rabelo, e representantes dos plantadores de cana do Nordeste que reivindicam o pagamento da subvenção à cana da safra 2012-2013. Os recursos estão estimados em R$ 622 milhões, sendo R$12,00 por tonelada de cana fornecida.

A legislação que trata do assunto (Lei 12.999/14), aprovada no Congresso Nacional ano passado, ainda não foi regulamentada. Por isso, Paulão solicitou à Fazenda que seja agilizada a confecção de um decreto para a presidenta Dilma Rousseff assinar, a fim de que os recursos sejam liberados o mais rápido possível, pois a situação dos fornecedores é crítica, devido à forte crise do setor sucroalcooleiro em toda a região.

Conforme o parlamentar, a medida beneficiará 23 mil plantadores de cana nordestinos prejudicados pela seca. Em Alagoas são aproximadamente 8 mil produtores, que em sua maioria têm renda baixa, ao contrário do que muitos imaginam. “O subsídio tem um papel econômico e social. Além dos produtores, temos, só em Alagoas, 120 mil trabalhadores rurais que sobrevivem do corte da cana”, afirmou Paulão.

O representante do Ministério da Fazenda disse que a reivindicação dos plantadores está sendo analisada por um grupo executivo que definirá as despesas que entrarão no orçamento da União de 2015. Segundo João Rabelo, “a subvenção está entrando na lista desse grupo que vai gerar o decreto”. Em sua opinião, o caso dos produtores de cana precisa ser tratado como prioridade.

Também participaram da reunião Lourenço Lopes, presidente da Associação dos Plantadores de Cana de Alagoas (Asplana), e Alexandre Andrade Lima, presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida).

Deixe o seu comentário


Paulão do PT | Site Oficial. © 2013. Todos os direitos reservados.